Shows de Abertura em Toronto
1997
- Zap Mama (Paris)
1995 - Seara Maestra (Cuba)
1993 - Thomas Mapfumo (Zimbabwe)
1990 - Margareth Menezes (Brasil)
1989 - Djavan (Brasil)
1989 - Gilberto Gil (Brasil)

Lançamentos de CD's
2001
- Salamandra
1996 - Saravá
1992 - New Canadian Women Singers
1991 - Canada Eh!
1990 - Vela e Barco
1989 - Dá

Festivais
1997
- Urban Village Festival
Maracatu (Toronto)
1997 - Caribana-Carnaval
1996 - International Toronto Downtow Jazz Festival
1994 - Hotel Pelourinho (Salvador/BA)
1993 - Festival Baía das Gatas
Cabo Verde (Africa)
1991 - W.O.M.A.D. (Toronto)
1990 - Ottawa Brazil Brazil

Highlights
1997
- Terceiro lugar no concurso
"John Lennon Music Contest" com a música "Africa Feliz" na categoria world music.
1997 - Trabalhou como atriz e produziu a trilha sonora do filme "Nina's Journey" dirigido por Ylana Gutman.
1996 - Programa " O Entrevistado do Dia" Bravo Channel, canal de artes do Canadá.
1993 - Participação com Cesária Évora no Festival de Cabo Verde.
1991 - Filme "Latin Nights", Canadá . Documentário dirigido por Anthony Assopary.
1989 - Fundou com Bruce Jones a G.R.E.S. Unidos do Canadá.

Nascida em S.Paulo iniciou sua vida de cantora, bailarina e compositora na adolescência influenciada pelo pai e avô, ambos apaixonados pelo samba, chorinho e serestas. Mais tarde largou a Faculdade de Arquitetura e mudou-se para Toronto no Canadá. Lá participou da Banda Cocada (com Bruce Jones, Eric Lyons, Mzhindi e Daniel Rios) especializada em divulgar a cultura brasileira e onde conheceu o genial Hermeto Paschoal. Nesse contato foi composta a música "Canadá Eh!".

Também fez a abertura dos shows de Gilberto Gil, Djavan e Margareth Menezes, entre outros. Em 1988, após assinar um contrato internacional, mudou seu nome para LIABOLIÇÃO em homenagem a Zumbi dos Palmares. No Canadá também estudou ballet e Dança Afro, além de pintura e "fashion design". Além de se apresentar em diversas cidades do Canadá, também fez shows em outros países, inclusive no continente africano.

Casou-se com o músico canadense Bruce Jones (também parceiro musical na Banda) com quem teve o filho Thiago Dada Jones em 1999.Para homenagear o filho mudou seu nome para Eliane Jones.

Após viver 9 anos no Canadá, resolveu voltar a morar no Brasil, onde além dos shows e da divulgação do CD "Salamandra" se concentra e faz a seleção de músicas para lançar um novo CD. As influências culturais recebidas durante essas viagens lhe deram um estilo próprio, mesclando o melhor da MPB com sua raízes africanas e com o "Jazz". Sem dúvida um original exemplo de "World Music".